Archives for category: Standalone

Montar um standalone na breadboard é simples e dá pra quebrar um galho, mas quando precisamos de um Arduino em projetos mais robustos e confiáveis não dá pra contar com a sorte.

Ter todos os componentes soldados em uma placa, ao invés de apenas encaixados, pode evitar mal contato e até mesmo o desencaixe involuntário deles. Imaginem um carrinho fazendo a leitura de um terreno hostil, com muitas ondulações? É sobre isso que falo…

Arduino Standalone (more…)

Se você tem uma XBee Explorer em casa e acha que ela só serve para programar seus módulos XBee, está enganado. Olhando a placa podemos perceber a existência de um chip FTDI e dá pra notar que ela mesma já é uma breakout para o chip.

Os módulos XBee são usados para prover comunicações sem fio a 2.4Ghz com uso do protocolo ZigBee. Eles suportam ligações ponto a pronto e multi ponto. Alguns módulos alcançam uma distância de até 1500 metros!

(more…)

Já aprendemos como montar um Arduino Standalone, e agora chegou à hora de melhorá-lo! A ideia é reduzir ainda mais a quantidade de componentes utilizados na primeira versão. Com isso, iremos minimizar o custo de produção e aproveitar melhor o espaço na breadboard, uma vez que os componentes serão mais bem acomodados.

O LED, o Resistor de 330Ohms, o Push-button e o Resistor de 10K (O Resistor deve ser usado para evitar que o pino #1 sirva de antena para ruídos, o que pode resetar nosso Arduino) não fazem mais parte desta nova versão. O LED e o Resistor de 330Ohms eram usados apenas para fins de Hello World!, não teremos nenhuma perda com a retirada deles. O Push-button e o Resistor de 10K tinham o papel de resetar a placa, quando pressionado, mas desta vez deixaremos isto sob responsabilidade externa, de um FTDI por exemplo, quando for fazer o uploading de um sketch.

Arduino Standalone 2a versão

(more…)

Já sabemos que as vantagens oferecidas por esta plataforma são inúmeras, mas que tal montarmos o nosso próprio Arduino? E por que fazer isto? Ora, além de ser bastante gratificante ver seu projeto rodando em uma breadboard isto traz muitas possibilidades.

O custo de produção de uma versão standalone é menor se comparado a compra do Arduino tradicional. Graças a miniaturização da placa podemos embuti-la em projetos que exigem pouco espaço e a sensação de que “sou um máximo” vai perdurar por vários dias, rs.

Close dos componentes do Arduino Standalone

(more…)